VISITA DOMICILIAR

Analisar a importância da visita domiciliar na Estratégia de Saúde da Família e o papel desempenhado pelo Agente Comunitário de Saúde nessa atividade..

TRABALHO EM CONJUNTO COM AÇÃO SOCIAL

Desenvolvimento de atividades de educação e assistência social .

http://acsjanduisrn.blt.com.br/2015/10/secretaria-municipal-de-saude-de_28.html

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

REAJUSTE APROVADO!

REAJUSTE APROVADO!
Nesta quarta-feira, 16 de agosto de 2017, com muita luta e mobilização, aprovamos a PEC 22/2011 em sua Comissão Especial. Agora, vamos articular com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para que a matéria seja pautada o mais breve possível.
A UNIÃO FAZ A FORÇA!

sábado, 12 de agosto de 2017

Equipe saúde da família de janduis RN em parceria com a Secretaria Municipal de Educação realiza ação de prevenção à saúde do homem em comemoração ao Dia dos paes.

A Prefeitura De Janduís RN, através da Secretaria Municipal de saúde  e  a Secretaria Municipal de  Educação promoveu durante  toda  a manhã do dia 12 de agosto, ação de política  Municipal de Atenção Integral à Saúde do Homem.
o evento contou com a participação dos paes dos alunos das escola da rede municipal da  zona rural do município em comemoração ao do estudante e o dia dos paes.

"Aproveitamos o convite da diretoria da Escola Antônia Eurli de Brito para realizar esta Ação e  oferecer durante todo a manhã os serviços que são preconizados pela política nacional de saúde  do homem.
Nós que fazemos a saúde em Janduís ficamos felizes em proporcionar este momento de atenção à saúde do homem”.
Desde já disponibilizamos nossos serviço e  parceria com a secretaria de Educação e demais secretaria do nosso municipio.

#todosjuntoporumbemcomum

LÁZARO ROBERTO. 


sexta-feira, 11 de agosto de 2017

PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDUÍS SEGUINDO RECOMENDACAO DO (MPF) INSTALA PONTO ELETRÔNICO EM UBS

A Prefeitura municipal de janduis Seguindo recomendacao do (MPF) instala ponto eletrônico em unidade de saude Para controle  da jornada de trabalho e o  cumprimento da carga horária  por parte de  médicos, odontólogos, enfermeiros e demais profissionais na unidades de saúde,

Esta é  uma ação nacional encabeçada pelo  Ministério Público Federal  (MPF) que  recomenda que os municípios adotem a implantação de pontos eletrônicos  nessas unidades.

A medida visa inibir que descasos como o não cumprimento do horário, como o registrado na Unidade Básica de Saúde (UBS) Onezimo Fernandes Maia se repitam. Varias reclamações sobre a  ausência dos profissionais de saúde em um dia normal de atendimento fora recebidas.

De acordo com o MPF, até o fim de setembro, mais de 870 municípios em todo o País, haviam recebido a recomendação para implantar pontos eletrônicos nas unidades.

As recomendações fixam prazo de 90 dias para que as prefeituras iniciem a instalação do registro eletrônico de frequência dos servidores vinculados ao Sistema Único de Saúde em todas as unidades de saúde no município.

Além disso, pede que sejam disponibilizados ao usuário o nome de todos os profissionais em exercício na unidade naquele dia,  a especialidade,  o horário de início e término da jornada de trabalho. O registro de frequência dos profissionais também deve ficar disponível para consulta de qualquer cidadão, inclusive na internet. Os municípios que não atenderem à recomendação serão acionados judicialmente.

ACS LAZARO ROBERTO

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

AGENTES DE SAÚDE DO BRASIL PODERÃO TER REAJUSTE DO PISO NACIONAL APROVADO AINDA ESTE ANO DE 1.014,00 PARA R$ 1.600,00 + 20% ANUAL

Se aprovado em agosto deste ano de 2017, o reajuste será de 57,8% pago integralmente pelo Governo Federal sem custos para os municípios tendo data-base de reajuste anual INPC e PIB sempre em janeiro com 20% e entrará em vigor no prazo máximo de 120 dias, passando a valer em março de 2018.

Entre as maiores novidades está:

✓a fixação da obrigatoriedade da regulamentação do piso salarial em lei federal q terá TB de prevê a data base e o índice de reajuste;

✓ a garantia de que o piso salarial será integralmente pago pela União;

✓ previsão da isenção das despesas com o pagamento do piso salarial do índice de pessoal dos municípios;

Como regra de transição, fica previsto nos Atos de Disposição Constitucionais Transitórios (ADCT), que o Piso Salarial Profissional Nacional, até a edição da referida Lei Federal seguirá a seguinte norma:

✓ imediatamente será do valor R$ 1.600,00;

✓ terá correção anual na data de 1° de janeiro de cada ano baseado no índice acumulado do INPC e do PIB dos últimos 12 meses anteriores à data base;

✓ que anualmente o Piso Salarial será acrescido do valor de 20% do seu valor, na condição de aumento real;

✓ e até q o Governo Federal regulamente a Lei Federal, prevalecerá tais regras, devendo ser assegurado o valor do piso salarial vigente à época da regulamentação da lei;

Ou seja, com a aprovação da PEC a pressão para a regulamentação da Lei do Piso, previsto no parágrafo 5° do art. 198 da CF/88, recaira sobre o Governo Federal, e dependendo do tempo que o Governo demorar para regulamentar, há a possibilidade de no prazo de 2 anos com a regra de transição o piso salarial corresponder a mais de 2 salários mínimos.

Graças ao trabalho árduo e a presença constante da Confederação Nacional dos Agentes de Saúde – CONACS em Brasília, os agentes de saúde de todo País PODERÃO ter assegurado ainda esse ano, um reajuste salarial de 57,8%.

O piso PODERÁ passar dos atuais R$ 1.014,00 para R$ 1.600,00 e contemplará os  ACS de todos os municípios brasileiros. Esse percentual de reajuste foi proposto pelo relator da Proposta de Emenda a Constituição de nº 22/2011 (PEC 22/2011), Deputado Raimundo Gomes de Matos, no substitutivo, lido hoje na Comissão Especial destinada a discutir a PEC 22.

Esse valor só foi proposto pelo relator, após várias reuniões com Governo Federal, que sinalizou ser favorável a proposta de reajuste nesses moldes. O percentual de reajuste apresentado garantirá a recuperação do poder de compra, desde a edição da Lei Federal 12.994/2014, além de assegurar aos agentes de saúde o mínimo de dignidade.

Em nossa opinião, considerando a importância do trabalho dos ACS e considerando a economicidade de recursos com saúde curativa (graças ao trabalho de prevenção desenvolvido pelos agentes), a aprovação da PEC 22 e pagamento do novo piso, é o mínimo que o Congresso e Governo Federal devem fazer.

Além do reajuste para R$ 1.600,00, o substitutivo prevê que uma lei será editada posteriormente, estabelecendo um piso não inferior a R$ 1.600,00 e com critérios de reajuste. Mas para proteger a categoria dos novos congelamentos salariais, o relator prevê que até a edição dessa lei federal, o piso será reajustado todos os anos no mês de janeiro.

A base de cálculo para o reajuste considerará a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor-INPC do ano anterior à data base e a Variação do Produto Interno Bruto do ano anterior à data-base acrescido de 20% (vinte por cento) ao ano.

A proposta além de contemplar os agentes, também contempla os municípios brasileiros, porque assegura que o piso pago aos agentes de saúde não entrará no limite de gastos com pessoal na folha das prefeituras. Significa dizer, que se a folha de pagamento dos agentes custar 100 mil reais em determinada prefeitura, ela terá esse valor liberado no limite prudencial, para pagar a outras pessoas, em consonância, portanto, com o que dispõe a Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF.

ATENÇÃO AGENTES DE SAÚDE

Apesar de termos dado um passo importantíssimo e existir boas expectativas para aprovação dessa PEC, ainda não é hora de comemorar, pois temos um longo caminho a percorrer e muito trabalho pela frente. Tão logo os trabalhos da Câmara Federal e do Senado sejam retomados precisaremos mobilizar o País, para assegurar a provação da PEC ainda esse ano. Veja o porquê não será nada fácil:

TRAMITE NA CÂMARA: A PEC 22 será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) quanto à sua admissibilidade. Esse exame leva em conta a constitucionalidade, a legalidade e a técnica legislativa da proposta. Se for aprovada, a Câmara criará uma comissão especial especificamente para analisar seu conteúdo. A comissão especial terá o prazo de 40 sessões do Plenário para proferir parecer. Depois, a PEC deverá ser votada pelo Plenário em dois turnos, com intervalo de cinco sessões entre uma e outra votação. Para ser aprovada, precisa de pelo menos 308 votos (3/5 dos deputados) em cada uma das votações.

TRAMITE SENADO: Depois de aprovada na Câmara, a PEC segue para o Senado, onde é analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e depois pelo Plenário, onde precisa ser votada novamente em dois turnos. Se o Senado aprovar o texto como o recebeu da Câmara, a emenda é promulgada pelas Mesas da Câmara e do Senado. Se o texto for alterado, volta para a Câmara, para ser votado novamente. A proposta vai de uma Casa para outra (o chamado pingue-pongue) até que o mesmo texto seja aprovado pelas duas Casas.

Comissão debate regulamentação do trabalho de agentes de saúde.

Audiência Pública PLC 56/2017
Qua, 09 Ago 2017, 10:00 -
Qua, 09 Ago 2017, 13:00

A regulamentação do trabalho de agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias será tema de audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) na quarta-feira (9). A proposta consta no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 56/2017, em análise na CAS, que dispõe sobre as atribuições, nível de qualificação, jornada e condições de trabalho da categoria. A presidente da comissão, senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), é a relatora do projeto.

O PLC, aprovado em maio na Câmara dos Deputados, traz definições para a qualificação requerida para exercer a profissão. De acordo com a proposta, os profissionais que já atuam como agentes comunitários e que não tenham concluído o nível médio poderão permanecer na atividade.

Para os novos admitidos na profissão, será exigido o ensino médio completo, curso de formação inicial de 40 horas, em conformidade com as diretrizes estabelecidas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Outra previsão do PLC 56/2017 é a formação continuada, mediante curso de aprimoramento de 200 horas a cada 24 meses de atuação.

O projeto prevê pagamento de uma indenização de transporte para o trabalhador, visto a necessidade de locomoção inerente à atividade dos agentes comunitários nas suas áreas de atuação. Além disso, o PLC também estabelece meios de auxiliar na solução do problema da contratação temporária irregular, visto que a legislação (Lei 11.350/2006) já prevê à obrigatoriedade de vínculo direto entre os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias e os entes da Federação.

Fonte: Senado

Mais um municipio se adequa a nova tecnologia que traz agilidade e benefício para a População e Equipe.

Agentes Comunitário de Saúde são treinados para usar tablets

O treinamento foi ministrado pelo analista de sistema aos Agentes Comunitários de Saúde. Com o uso dos Tablets haverá uma ampliação da qualidade do trabalha dos agentes

Os Agentes Comunitários de Saúde do município de Jacobina do Piauí passam a contar com um novo aliado tecnológico no desempenho das atividades. Na última quarta-feira (2), os servidores foram treinados para usar os tablets e do sistema de registro de dados no e-SUS Atenção Básica, do Ministério da Saúde.

O treinamento, promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, foi ministrado pelo analista de sistema, Jean André, e o técnico de informática, Douglas Dércio, da Master Consultoria e Treinamento.

A partir de agora, os agentes vão esquecer as famosas fichas de cadastro e se adaptarem à nova tecnologia. No formato atual, os agentes preenchiam as fichas durante as visitas domiciliares, e posteriormente as informações eram digitalizadas na sede da Secretaria de Saúde. Agora, a nova ferramenta promete dinamizar o trabalho de campo e agilizar o envio de dados sobre a saúde da população.

Com o uso dos tablets, a saúde municipal poderá identificar com mais facilidade o número de gestantes, idosos, acamados e pacientes de doenças crônicas na localidade, para então, propor ações preventivas e de controle junto à população.

A entrega dos kits com uniforme, balança e os tablets ocorreu no final do mês de julho, durante uma audiência pública de prestação de contas da Secretaria Municipal de Saúde.

Relações sexuais com menor de 14 anos é crime em qualquer caso, decide STJ

O número de recursos sobre casos de estupro de vulnerável no STJ cresceu cerca de 2.700% em cinco anos

Relações sexuais ou qualquer ato libidinoso entre adultos e menores de 14 anos é considerado estupro de vulnerável, independente de a vítima consentir. A decisão foi tomada pelo Superior Tribunal de Justiça de forma unânime, e passou a servir como jurisprudência para os tribunais de todo o Brasil. O julgamento é uma resposta a várias apelações semelhantes em todo o país, em processos de estupro de vulnerável,contrariando decisões que foram baseadas na ideia de consentimento das vítimas.

O recurso repetitivo foi apresentado pelo ministro Rogério Schietti, da turma da 3ª Seção do STJ, após receber pedido do Ministério Público do Piauí contestando a absolvição de um acusado de estupro. Ele alegou manter um relacionamento amoroso com uma menina desde que ela tinha 8 anos – hoje tem 18. Quando da denúncia ele tinha 25 anos e ela, 13.

Matéria originalmente postada em Rede Brasil Atual

No caso, a vítima e os familiares dela confirmaram que havia um relacionamento. O Tribunal de Justiça do Piauí absolveu o acusado, sustentando que a adolescente tinha discernimento e “nunca manteve relação sexual com o acusado sem a sua vontade”. Para Schietti, nestes casos, “o julgamento recai inicialmente sobre a vítima da ação delitiva, para, somente a partir daí, julgar-se o réu”.

O ministro relator considerou que qualquer ato sexual nessas condições é crime, não importando que a vítima tivesse experiência sexual anterior ou se comprovasse um relacionamento amoroso com o acusado. Schietti argumentou ainda que a evolução dos costumes e o maior acesso de crianças e adolescentes a informação não se contrapõem à obrigação da sociedade e da família de protegê-las.

O número de recursos sobre casos de estupro de vulnerável no STJ cresceu cerca de 2.700% em cinco anos: de 6, em 2010, para 166, em 2014. A maior parte impetrada pelo Ministério Público, contra decisões judiciais que consideraram que as relações foram consensuais. Todos os casos desse tipo estavam suspensos aguardando a definição do STJ.
O ministro já havia se posicionado contra a ideia de consentimento de menor de 14 anos na prática sexual. Relator de um processo originado em São Paulo, em que um homem de 27 anos manteve relações sexuais com uma menina de 11 e foi absolvido pelos desembargadores do Tribunal de Justiça, Cruz enfatizou que o consentimento da criança ou adolescente não tinha relevância na avaliação da conduta criminosa.

Para ele, os argumentos dos magistrados paulistas eram “repudiáveis”. “É anacrônico o discurso que procura associar a evolução moral dos costumes e o acesso à informação como fatores que se contrapõem à natural tendência civilizatória de proteger certas minorias, física, biológica, social ou psiquicamente fragilizadas”, diz um trecho do relatório, de agosto do ano passado. O STJ manteve a condenação por quatro votos a um.

Outros casos que ainda aguardam definição devem ser influenciados pela decisão. Também no TJ de São Paulo, um fazendeiro da cidade de Pindorama foi absolvido da acusação de estupro contra uma adolescente de 13 anos sob alegação de que ele não teria como saber que ela era menor de idade em virtude do seu comportamento.

Acompanhado pela maioria dos desembargadores da 1ª Câmara Criminal Extraordinária do TJ, o relator do caso, que corre em segredo de Justiça, argumentou que “não se pode perder de vista que em determinadas ocasiões podemos encontrar menores de 14 anos que aparentam ter mais idade”.

E continuou: “Mormente nos casos em que eles se dedicam à prostituição, usam substâncias entorpecentes e ingerem bebidas alcoólicas, pois em tais casos é evidente que não só a aparência física, como também a mental desses menores, se destoará do comumente notado em pessoas de tenra idade”. O Ministério Público paulista recorreu da decisão e aguardava o posicionamento do STJ.

Autorizada a reprodução dessa matéria desde que as fontes indicadas abaixo sejam citadas.

Fonte: /justificando.cartacapital.com.br/ Publicado pelo Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil  em 08/08/17, às 13h36.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Secretaria Municipal de Saúde de Janduís realiza encontro sobre aleitamento materno para mães e gestante

A Secretaria Municipal de saúde de Janduís realizou na tarde desta terca feira 08/08 de 2017 um encontro com mães e grávidas para falar sobre aleitamento materno. A reunião faz parte do cronograma de atividades do Grupo de Gestantes da Unidade básica de saúde DR ONEZIMO FERNANDES MAIA  e também foi uma forma de comemorar a Semana Mundial do Aleitamento Materno.
As participantes do encontro são mulheres que fizeram ou fazem o acompanhamento de pré-natal na UBS do nosso município. um lanche da tarde foi oferecido na própria Unidade. Todos os preparativos, da decoração aos alimentados e presentes  oferecidos foram organizados  pelas equipes  como ACS , NASF, PSF ,  Fucionario da UBS , secretaria municipal de saúde  e prefeitura.
As participantes aproveitaram a oportunidade para tirar dúvidas. O público, cerca de 20 pessoas, era variado, entre grávidas do primeiro filho e mães que já estavam na terceira gestação.

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JANDUÍS. #TODOSJUNTOSPEAAMAMENTACAO

LÁZARO ROBERTO ACS.

domingo, 6 de agosto de 2017

Dia 5 de agosto é comemorado o Dia Nacional da Saúde

O Dia Nacional da Saúde é celebrado anualmente em 5 de agosto no Brasil.

A data tem o objetivo de conscientizar a sociedade brasileira sobre a importância da educação sanitária, despertando na população o valor da saúde e dos cuidados para com ela.

O Dia da Saúde também serve para homenagear e recordar a vida e o trabalho de Oswaldo Cruz, um dos principais responsáveis pelas erradicações de perigosas epidemias que acometiam o Brasil no final do século XIX e começo do século XX.

Origem do Dia Nacional da Saúde

O Dia Nacional da Saúde foi oficializado e inserido no calendário oficial brasileiro através do Decreto de Lei nº 5.352, de 8 de novembro 1967, do Ministério da Saúde e da Educação e Cultura.

O dia 5 de agosto foi escolhido para celebrar o Dia Nacional da Saúde por ser a data de nascimento do sanitarista Oswaldo da Cruz, um importante personagem na história do combate e erradicação das epidemias da peste, febre amarela e varíola no Brasil, no começo do século XX.

Oswaldo da Cruz nasceu em 5 de agosto de 1872 e foi responsável pela criação do Instituto Soroterápico Federal (atualmente conhecido como Fundação Oswaldo Cruz - FIOCRUZ) e da fundação da Academia Brasileira de Ciências.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

O uso do novo sistema que trará agilidade ao trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde de Janduís RN Passa a ser um sonho quase possivel.

O e-SUS territorial faz uso de tablets dotados de um aplicativo de linguagem acessível que permite um processo mais eficiente, já que elimina o preenchimento e a digitação de fichas.

O e-SUS territorial torna possível realizar as atividades de cadastramento da Atenção Básica, assim como o registro das visitas domiciliares e territoriais de forma rápida e segura, por meio da inclusão direta no sistema, facilitando assim as ações dos Agentes Comunitários de  saúde.

É preciso inovar pra melhora.

O uso do aplicativo é integrado ao Sistema e-SUS AB com Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC). Para isso o nosso municipio  já  disponibiliza o uso   do prontuário eletrônico com o cadastro atualizado dos profissionais que farão uso do App, por meio do Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES). Dessa forma, a sincronização do aplicativo com o PEC será efetuada e os dados enviados ao SISAB.

A sincronização do aplicativo com o PEC permitirá ao agente de saúde utilizar o aplicativo de forma integrada às ações da equipe que já faz uso do PEC.

Fonoaudiologia do NASF Nas Escolas de Janduís RN

A escola é um espaço de ensino, aprendizagem, convivência e desenvolvimento; um espaço de vida diária privilegiado para a promoção de saúde, pois representa um ambiente no qual as pessoas passam parte do tempo de sua vida e onde são formados valores fundamentais.
Considerando a escola como um espaço de relações interpessoais mediadas pela linguagem vimos a necessidade da intervenção da fonoaudiologia. Hoje pela manhã a fonoaudiologa ROSANA visitou   a escola estadual Vicente gurgel onde Realizou triagem de escolares com crianças com alguma característica de distúrbio da linguagem!
Foi maravilhoso!! afirma a mesma.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Nutricionista do NASF e ACS realiza visita domiciliar para esclarecer e tira dúvidas quando à amamentação exclusiva e prolongada

"Semana Mundial de Aleitamento Materno"


Por mas esclarecida que seja as mamães, ainda há duvidas e ate mitos sobre o assunto. Até quando amamenta e quais são as preocupações  com esse período da vida? estas e outras duvidas  foram discutidas na visita domiciliar  do ACS com a nutricionista do NSF ROSEANE DE QUEIROZ. dentro da semana  mundial do aleitamento materno.

Quais as vantagens e desvantagens da amamentação exclusiva e  prolongada?                                                                                     Hoje se trabalha com desmame natural, o indicado é que as crianças mamem até 2 anos ou mais. Claro que cada mãe e cada bebê decidem juntos a hora de parar. A amamentação deve ser exclusiva até os seis meses. A partir daí,  começa-se a introduzir à dieta os alimentos. Mas, se depois de um certo tempo  a criança mamar mais do que comer, passa a ser um perigo. Nessa etapa, o leite materno já não supre mais todas as necessidades, principalmente de ferro. Nesse caso, é preciso intervir.  Se a criança está com três anos, mama, e tem uma relação saudável com a mãe, tudo bem.
Amamentar enfraquece a mulher? A nutricionista explica que não enfraquece, desde que a mãe se alimente adequadamente assim como qualquer pessoa. Durante o período de amamentação, a mãe tem uma necessidade extra de 500 calorias. Essa necessidade, na maioria das vezes, já é suprida na dieta comum, já que quase sempre consumimos mais do que precisamos. O que pode acontecer é o período de amamentação exigir mais dedicação, mais tempo, da mulher. São de 30 minutos à 1 hora a cada mamada do bebê. Mas não há desgaste em termos de organismo. Durante a amamentação, assim como em qualquer outra fase da vida, deve-se dar prioridade a alimentos os mais naturais possíveis, menos industrializados, e uma dieta balanceada. O acompanhamento nutricional é recomendado, sempre que  precisa procura a nossa Unidade Básica de Saúde.
Existe leite fraco? Foi esclarecido também que não  existe leite fraco, esse é um dos mitos da amamentação. O leite é adequado ao bebê, é o alimento mais indicado. O que pode existir é um erro, uma inadequação, na técnica de amamentação. O recomendado hoje é a livre demanda durante a mamada. A criança mama até ela mesma parar. O leite do início da mamada tem mais proteínas, já o do final é mais gorduroso e vai saciar mais o bebê. O bebê que mama no peito tende a mamar mais vezes seguidas e muitos pensam que isso é ruim. Na verdade é o contrário. O leite materno é tão bom que o organismo da criança o absorve rapidamente, como se fosse uma refeição leve. Já no caso das fórmulas infantis, o bebê precisa de mais tempo para digerir.
Lazaro Roberto ACS.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

1º de agosto — Dia Mundial da Amamentação

Em 1º de agosto é comemorado o Dia Mundial da Amamentação, data criada em 1992 pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação (World Alliance for Breastfeeding Action - WABA) com a finalidade de promover o aleitamento materno e a criação de bancos de leite, garantindo, assim, melhor qualidade de vida para crianças em todo o mundo. A data é comemorada dentro da Semana Mundial de Aleitamento Materno, que ocorre em 120 países anualmente entre os dias 1º e 07 de agosto.

Apesar de muitas pessoas afirmarem que o leite de uma pessoa pode ser fraco, esse fato não é realidade. Todas as mulheres apresentam leite capaz de nutrir e proteger sua criança, portanto, não é necessário adicionar nenhum produto à alimentação no início da vida de um bebê. Vale destacar ainda que o leite da mãe já está na temperatura ideal para a criança, não necessita de esterilização e pode ser usado sem medo.

No leite materno, a criança encontra não só as substâncias necessárias para a sua nutrição, mas também anticorpos fundamentais para protegê-la no início da vida. Estudos comprovam que a mortalidade por doenças infecciosas é menor em crianças que são amamentadas. O leite materno também garante proteção contra infecções respiratórias, evita casos de diarreia e o seu agravamento, além de diminuir os riscos de alergia.

No que diz respeito aos benefícios a médio e longo prazo, a amamentação faz com que as crianças apresentem pressões arteriais mais baixas, menores níveis de colesterol e uma redução do risco de desenvolver obesidade e diabetes tipo 2. Nesse último caso, podemos destacar o fato de que a mulher que amamenta também apresenta esse risco reduzido.

Para a mulher, o aleitamento também traz benefícios, merecendo destaque a proteção contra o câncer de mama e de ovários, bem como a diminuição dos riscos de morte por artrite reumatoide. Nos primeiros seis meses, o ato de amamentar pode garantir uma proteção contra uma nova gestação. Estudos indicam que a ovulação está relacionada com o número de mamadas diárias do bebê, sendo assim, ela ocorre mais antecipadamente em mulheres que amamentam menos vezes. Podemos destacar ainda que a amamentação cria um maior vínculo afetivo entre a mãe e o bebê.

Para aquelas mulheres que por algum motivo não podem amamentar, o leite materno pode ser conseguido nos chamados Bancos de Leite Humano. Esses bancos são mantidos graças às mulheres na fase de amamentação que apresentam excesso de leite e realizam a doação, garantindo, assim, qualidade de vida para outras crianças.

Diante de tantos benefícios, não é difícil entender como a amamentação é fundamental para a saúde da criança. Sendo assim, iniciativas como a Semana Mundial de Aleitamento Materno e o Dia Mundial da Amamentação são essenciais para garantir a conscientização da sociedade sobre essa questão. Além disso, é importante investir em campanhas que desmistifiquem conceitos arraigados como o do “leite fraco” e de que o “leite materno não acaba com a sede da criança”, ensinando, assim, como realizar a amamentação da maneira adequada.

por :M.V.S.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Módulo Eletrônico do PMAQ apresenta novidade a partir do dia 1º de agosto

A partir do dia 1º de agosto, o Módulo Eletrônico do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) estará disponível para preenchimento. A inclusão dos dados é de responsabilidade exclusiva do gestor e deverá retratar, com destaque, a gestão dos aspectos trabalhistas dos profissionais atuantes nas equipes de AB.

O módulo eletrônico substitui as fichas que antes seriam preenchidas à mão no momento da entrevista e agilizam o momento da Avaliação Externa. Dividido em blocos de perguntas, ele tratará de temas sobre a gestão da AB, autoavaliação, gestão do cuidado, educação permanente, gestão do trabalho, cofinanciamento da gestão estadual, Práticas Integrativas e Complementares e Farmácia Básica.

domingo, 23 de julho de 2017

AGOSTO DOURADO .Semana Mundial de Aleitamento Materno 2017

Data/período: de 1/8/2017 a 8/8/2017
Local: Nas praças, ruas, centros de saúde, maternidades, escolas, universidades...Em todo o mundo!

Estudos comprovam que a amamentação é capaz de salvar a vida de cerca de 13% das crianças, menores de 5 anos, em todo o mundo.

O mês de agosto é conhecido como Agosto Dourado,porquesimboliza a luta pelo incentivo à amamentação. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. É uma cor toda especial, que já percorre o mundo com o seu laço simbólico. São trinta dias, em que são celebrados a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento.

Há cerca de vinte anos, entre os dias 1º e 7 de agosto acontecem ações, no mundo todo, em prol da amamentação. São dias de intensas atividades que buscam promover o aleitamento exclusivo até o sexto mês de vida, se estendendo até os dois anos ou mais. A Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) faz parte de uma história focada na sobrevivência, proteção e desenvolvimento da criança. Atualmente, é considerada um veículo que promove oaleitamento em 120 países.

terça-feira, 18 de julho de 2017

COMUNICADO

O CIED comunica ao município de janduis que ouve um imprevisto e não terá entrega de colirios amanhã dia 19 do 07. assim que for decidido uma nova data entraremos em contato!

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Secretaria muicipal de saúde de Janduís comemora o Dia do homem.

O Dia dos Homens é comemorado anualmente em 15 de julho no Brasil.

Esta data foi inspirada no Dia Internacional do Homem (19 de novembro), e tem o objetivo de conscientizar a população masculina sobre os cuidados que devem tomar com a sua saúde.

No Brasil, o Dia do Homem foi criado por iniciativa da Ordem Nacional dos Escritores e é celebrado no país desde 1992.

A secretaria municipal de saúde  de Janduís vem através desta parabenizar a todos os homens que são pai, mãe, irmão, amigo e companheiro! Que não apenas hoje, mas todos os dias sejam de respeito e orgulho para vocês! Parabéns!

quinta-feira, 13 de julho de 2017

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE SEMPRE PRESENTE. Agentes comunitários de saúde e a Diretora da UBS Onézimo Fernandes Maia participa da primeira etapa da elaboração do ‘Planos Municipais de Saneamento Básico’ (PMSB)

A primeira  etapa da elaboração do ‘Planos Municipais de Saneamento Básico’ (PMSB) consiste na coleta de informações sanitárias sobre a situação e as necessidades do nosso  município. A participação da categoria de ACS é de fundamental importância para preparar o nosso  município para uma melhor gestão de saneamento básico
 
É necessário ressaltar que o Plano de Saneamento Básico não é um Plano de Governo Municipal, mas um compromisso da sociedade em termos de escolha de cenários futuros. Realizar o Plano Municipal de Saneamento na sua íntegra pressupõe uma tomada de consciência individual dos cidadãos sobre o papel ambiental, social, econômico e político que desempenham em nossa comunidade. 
O evento foi ministrado pelos  técnicos da prefeitura designados para acompanhar a elaboração do PMSB. Contando com a participação de alunos e moradores da zona urbana do nosso município. 
Próxima etapa será realizada em uma comunidade rural no intuito que o plano abrange de forma ampla e completa todo o nosso município. 
LAZARO ROBERTO ACS

COMUNICADO

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Ações desenvolvidas pelo NASF, janduís RN

Dentre as ações desenvolvidas pelo NASF, no município de janduís RN, destaca-se a realização da visita domiciliar. Este cuidado permite um olhar integral ao paciente, através de uma ocasião na qual oferecemos orientações sobre os cuidados com o acamado, bem como apoio ao cuidador. Nota-se que a visita domiciliar é um momento de prevenção de agravos e de matriciamento aos familiares, ACS e aos demais profissionais da equipe, ampliando o cuidado ao usuário.

Destaca-se, ainda, que as visitas são realizadas para uma primeira orientação aos pacientes, cuidadores e familiares, com os profissionais prioritários para o caso e quando possível com a equipe completa. Durante a visita realiza-se o preenchimento de uma ficha com os dados e anamese do paciente, bem como a evolução das condutas e orientações prestadas, a mesma evolução é feita numa ficha a parta para que o  ACS leve para conhecimento da equipe e anexe-a no prontuário do paciente.


LÁZARO ROBERTO ACS
O Apoio Matricial, também chamado dematriciamento, é um modo de realizar a atenção em saúde de forma compartilhada com vistas à integralidade e à resolubilidade da atenção, por meio do trabalho inter disciplinar